Óscar Carmona nasceu em Lisboa, em 24 de novembro de 1869, filho de um general. Passou grande parte da sua infância na cidade de Chaves, tendo aí completado a instrução primária.

Ingressou no Colégio Militar com 13 anos, completando o ensino secundário em 1888. Frequentou a Escola Politécnica de Lisboa e a Escola do Exército, completando o Curso de Cavalaria aos 23 anos.

Ao longo do seu percurso profissional e político desdempenhou diversos cargos de destaque: foi Diretor da Escola Prática de Cavalaria de Torres Vedras (1918-1922), Ministro da Guerra (1923), presidente do Ministério (1926-1928) e Ministro dos Negócios Estrangeiros (1926).

Ainda em 1926 assume interinamente o cargo de Presidente da República Portuguesa – na sequência da renúncia de Bernardino Machado – sendo o presidente que mais tempo permaneceu em funções de 16 de novembro de 1926 até à data da sua morte, em 18 de abril de 1951.

Óscar Carmona. Selo, 1945. Henrique Matos

Foi sepultado no Mosteiro dos Jerónimos. Com a conclusão do Panteão Nacional, foi trasladado para este monumento, aquando da sua inauguração em 1966.